Banner

Kefir, opção natural para culinária saudável e sem lactose.

0

A procura por alimentos naturais é cada vez maior, o que faz crescer o interesse por alimentos naturais como o Kefir, um probiótico natural composto por lactobacilos e leveduras que auxiliam no equilíbrio das funções intestinais, que pode ser adotado inclusive na alimentação das pessoas intolerantes à lactose ou alérgicas ao leite de vaca. Confira!

O Kefir de leite é o mais tradicional e conhecido, sua fermentação ocorre quando os microorganismos se alimentam dos açúcares do leite animal.

Para os indivíduos que sofrem com intolerância à lactose  ou mesmo  alergia ao leite de vaca, há outro tipo de Kefir, o de água. Ele apresenta os mesmo benefícios do Kefir de leite mas não apresenta problema para intolerantes. Ele se alimenta de glicose, por isso é necessário “alimentá-lo” com açúcar na água para que ele fermente.

Esse mesmo Kefir de água pode também ser feito com leite de coco ao invés do açúcar. Ele se alimenta das gorduras do leite de coco e fica bem gostoso para quem não pode nem pensar em consumir leite e derivados. Neste caso, não é necessário adicionar açúcar.

Como os grãos de Kefir se multiplicam rapidamente, tornou-se tradição doar os grãos excedentes para pessoas que querem começar a própria cultura. Inclusive nas redes sociais há vários grupos para doação dos grãos.

Benefícios do Kefir

O Kefir possui grandes quantidades de microorganismos que fazem bem para a manutenção e promoção da saúde. Seus maiores benefícios são: o aumento da resistência a infecções e inflamações, fortalecimento do sistema imunológico, regulação da flora intestinal, redução dos gases e melhora de uma maneira geral do sistema digestivo e estabelecimento da flora intestinal eliminando bactérias e leveduras ruins.

 

Como se trata de microorganismos vivos que podem morrer se não forem cuidados de forma correta, é preciso ter cuidado em seu manuseio e utilização.

O Kefir de água precisa de açúcar (de preferência o mascavo por ser mais saudável e ter mais gordura digerível) para fazer a fermentação. Neste caso, é necessário adicionar meia colher de chá de açúcar na água filtrada ou mineral (importante observar a qualidade da água pois, se não for adequada pode favorecer a contaminação), deixar fermentar de 24 a 48 horas. Para cada 1 colher de chá de Kefir, adicione meia colher de chá de açúcar. Quando o líquido estiver pronto, escorra a água para consumo e coloque o kefir em um novo recipiente que deverá ser preenchido com mais água filtrada acrescida do açúcar  e assim, reiniciar o processo. Mas lembre-se: o Kefir deve sempre estar em meio líquido, porque o líquido é o alimento dele e sem o alimento ele morre. 

Para fazer o com leite de coco separe uma porção de Kefir e coloque em leite de coco, deixando em fermentação de 24 a 36 horas fora da geladeira. Coe os grânulos após esse período com coador de plástico (não usar utensílios de ferro e metal).

Lembre-se de deixá-lo em temperatura ambiente e tampado com uma gaze ou voal. Assim você protege ele de insetos e poeira, mas o mantém em  contato com o ar, o que é importantíssimo para que haja fermentação.

Caso você queira inativar seu Kefir por algum tempo, coloque-o no freezer por até 3 meses. Ele vai hibernar!

Como consumir?

Como o Kefir puro, de água ou leite, tem sabor acentuado, há pessoas que preferem consumi-lo associado a sucos, vitaminas e smoothies. Já no caso do Kefir de leite de coco, como  resulta  em um iogurte vegetal, pode ser utilizado no preparo de bebidas ou até mesmo na  culinária de pratos saudáveis e  sem lactose!

Veja a seguir, tabela fornecida pela OneMarket – Alimentação Inclusiva. Para mais informações, basta clicar aqui

 

Fonte: OneMarket

 

Share.

Leave A Reply