Banner

halloween-1Na tradição anglo-saxônica, no dia 31 de outubro é comemorado o Halloween, conhecido no Brasil como o Dia das Bruxas.

Apesar das pessoas associarem a festa aos Estados Unidos, a sua origem remete aos festivais celtas realizados na antiguidade na Irlanda nesse período do ano, como forma de agradecimento às benções recebidas, marcando também a celebração da última colheita do ano e do provisionamento para o inverno.

Era uma festa com vários nomes: Samhain (fim de verão), Samhein, La Samon, ou ainda, Festa do Sol. Provavelmente sua comemoração coincidia, naquela época, com o equinócio de verão e o solstício de inverno, marcando também o ano novo celta.

Pouco se sabe sobre o druidismo, religião praticada pelo povo celta, porque sua tradição era oral. Acredita-se que na fé dos duídas os espíritos dos mortos voltavam nessa data para visitar seus antigos lares e guiar os seus familiares rumo ao outro mundo.

Como os vivos não queriam partir, na noite da comemoração apagavam as tochas e fogueiras de suas casa, para que elas se tornassem frias e desagradáveis, colocavam fantasias e ruidosamente desfilavam, de maneira a afastar os espíritos.

O povo irlandês manteve a tradição celta, mesmo após a evangelização das Ilhas Britânicas, levando a tradição para a América pelos imigrantes que lá aportaram em 1840.

Por influência da cultura norte-americana, a festa acabou chegando a outros lugares, inclusive ao Brasil onde passou a ser tema de festas em clubes, escolas, casas noturnas, entre outros, porém sem grande representatividade. Os restaurantes e buffets também aderiram a festividade, oferecendo cardápios especialmente elaborados para a data.

Trecho de matéria publicada na revista Nutrinews 

Que tal substituir os doces por gostosuras mais saudáveis?

Camila Verdeja, idealizadora do Pequeno Gourmet, um site que apresenta receitas, notícias, estudos e muito mais sobre alimentação infantil saudável , afirma que é possível preparar pratos divertidos, assustadores e temáticos para o Halloween com ingredientes saudáveis.  “Essa é uma data muito lúdica e para os pais é a chance de abusar da criatividade e aumentar a diversão com os filhos! As receitas podem variar de acordo com a idade das crianças, mas o legal é apostar em decorações divertidas para transformar pratos simples em pratos temáticos e assustadores!”, afirma Camila.

Confira as receitas especiais de Halloween sugeridas pelo Pequeno Gourmet:  Suco de Sangue para os vampirinhos e como prato principal, Sopa de Abobora!

SUCO DE SANGUEhallowen-img_0779

Esse suco pode ser feito de duas maneiras: suco de frutas vermelhas ou com suco de tomate. Para a primeira opção você vai precisar de:

Ingredientes:  2 xíaras de melancia picada  .  1 xícaras de morangos  .  1 xícaras de framboesa (pode substituir pela fruta congelada)

Modo de Preparo: Coloque os ingredientes no liquidificador e bata. Se preferir, coe o suco. Coloque algumas pedrinhas de gelo e pronto! Agora é sirvir em um copo decorado e um canudo preto! Rendimento: 2 copos (200 ml)

Para os papais que quiserem inovar no sabor, o Pequeno Gourmet indica o preparo com tomates – os bebês vão adorar!

Rendimento: 2 copos (200 ml)

Ingredientes: 4 tomates maduros descascados  .  1/2 xícarade água

Modo de Preparo: Bata os ingredientes no liquidificador ou no mixer. Coe e sirva com pedrinhas de gelo!

SOPA DE ABÓBORA E SÁLVIA

hallowen-sopa_abobora

Preparo: 55 min
Rendimento:  três porções

Ingredientes: 4 xícaras de abóbora picada  .  1 cebola picada  .  1/2 xícara de raíz de salsão picada ou 1 talo de salsão picado  .  1 1/4 xícara de caldo de legumes  .  folhinhas de sálvia  .  2 colheres de sopa de azeite  .
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo: Coloque o forno para pré-aquecer a 180ºC. Em seguida coloque a abóbora, metade da cebola e as folhinhas de sálvia em uma assadeira. Regue com uma colher de azeite e cubra a assadeira com papel alumínio (lado brilhante para baixo). Leve ao forno por uns 15 minutinhos. Reserve os legumes assados.
Aqueça uma colher de azeite em uma panela funda, acrescente a cebola restante e a raiz de salsão. Refogue até as cebolas começarem a dourar. Junte os legumes assados e o caldo de legumes. Cozinhe por 20 minutos em fogo médio, depois bata a sopa com o mixer ou liquidificador. Tempere a gosto.

Dica de mãe: Se for servir como papinha, retire alguns pedacinhos de abóbora antes de bater. Amasse com o garfo e junte um pouquinho da sopa batida. Agora é só servir. Os bebês costumam gostar bastante de papinhas preparadas com legumes assados!

Fonte:  www.pequenogourmet.com.br

Share.

Leave A Reply